segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Chowder à Moda Açoriana!

Após o meu post no Facebook, fui desafiada pelo Pedro Niny Duarte para experimentar a pimenta da terra num chowder com um twist oriental ;-)

Um chowder, basicamente é um caldo de peixe feito com leite, são várias as teorias da sua origem e não tem uma receita básica.

Então, agarrando nas dicas do Pedro e dando asas à minha imaginação, saiu algo deste género:

Fiz um caldo de peixe, com 2 litros de água numa panela, peixe à vossa escolha (eu usei 2 filetes de abrótea), 6 camarões com casca, 2 dentes de alho com casca, 1 folha de louro, pimenta rosa em grão, sal q.b., um pedacinho de alho francês e as cascas de uma cebola. Deixei ferver e ao fim de 5 a 10 minutos apaguei e coei o caldo. Reservei a água do caldo, os camarões e o peixe.

Depois num tacho, coloquei um fio de azeite, muito pouco, 5 fatias de bacon cortadas em tiras, deixar ganhar cor e depois adicionei uma colher de sopa de manteiga, uma cebola bem picada e um bocadinho de alho francês em juliana fina.

Deixar refogar e introduzir os cogumelos frescos laminados (3 ou 4) e algumas conchas do caldo de peixe (eu contei e no total foram 12, mas não introduzi tudo de uma vez e se acharem que é pouco introduzam mais).

Adicionei a pimenta da terra em pedacinhos bem pequenos, deixar ferver em lume brando cerca de 10 min e por fim colocar 2 colheres bem cheias de leite de côco. Deixar ferver para apurar e engrossar ligeiramente, rectificar temperos e por último, já com o lume desligado, um pingo de jindungo, os camarões e o peixe que estavam de reserva e uma mão bem cheia de coentros (guardar o caldo de peixe que sobrou pois é óptimo para fazer um risotto).

Servir com pão torrado.

Um caldo bem aveludado, com as suas origens dispersas, um twist asiático e um toque açoriano!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...