segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Os Meus Autocolantes!

Já tinha pedido uma vez a esta empresa uma tiragem de 70 autocolantes e não me desiludiram.

Agora decidi pedir uma nova tiragem, com uma ligeira modificação e mais uma vez surpreenderam-me!

Adorei o novo autocolante que o meu blog agora tem!!

E esta empresa, Lemon Stickers - Autocolantes Personalizados, tem um atendimento personalizado, acima da média, com preços super acessíveis e um profissionalismo espectacular! São super rápidos a fazer as coisas e a enviar! E o resultado final é sempre cheio de requinte!

Desta vez vinha com um brinde, para a minha caixa do correio! Obrigada! Mais uma vez surpreenderam-me e adorei os meus novos autocolantes!! RECOMENDO!!





sexta-feira, 31 de julho de 2015

Tortilhas com Guacamole e uma bela Sangria Cítrica!

E quando queremos algo rápido e muita bom, eis que surge esta receita!

Tão rápido quanto isto:
Num liquidificador, ou robot de cozinha, juntar uma pêra abacate (mesmo que não esteja 100% madura não tem problema), com um bom fio de azeite, sal, pimenta, coentros (ou salsa para quem não goste), cominhos e umas gotas de picante.

Moer, ligeiramente, de maneira a que não fique uma papa.
Colocar numa taça e aí adicionar um tomate e cebola roxa pequena picada (neste caso usei a minha borner). A cebola roxa é das melhores para se comer crua).
Envolver bem, adicionar mais um fio de azeite e uns coentros picadinhos e já está! Vai ao frio para intensificar os sabores.


Enquanto a guacamole está no frio, fazemos o peito de frango no forno com panko.
Um peito de frango inteiro, cortado em nuggets, e passados pelo panko.
Borrifamos com azeite e vai ao forno cerca de 15 a 20 minutos.
Enquanto isso, passamos as tortilhas, uma a uma, pela frigideira, só para que aqueçam ligeiramente.


E pronto, depois é só montar tudo!
Cortar a tortilha ao meio, fazer um canudo, encher a gosto com guacamole e nuggets!
Consola nestes dias de calor que não apetece nada quente e queremos é despachar...


Enquanto nós fazemos isto, pomos o marido a fazer a sangria!!

É só cortar na mandolina (usei novamente a minha Borner) um kiwi, uma lima, abri dois maracujás, adoçamos com xarope de ácer (a gosto) e enchemos com Gazela (vinho verde - e estupidamente fresco! - só meia garrafa) e o resto que sobra para encher foi com uma radler (cerveja com limão) ou água das pedras. Não cheguei a pôr toda porque ainda temos que contar com o gelo. O gelo que adicionei foi a gosto, pus cerca de 6 pedras. Não esquecer de adicionar umas poucas de folhas de hortelã. O meu jarro é de 1 Litro.
Mexer e está pronto!!



Fresco!!

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Rosas de Maçã!

Já há algum tempo tinha visto no Facebook umas rosinhas feitas com fatias bem finas de maçã, em massa folhada.

Ora, ao receber maçãs tão boas de casa dos sogros, lembrei-me logo de fazer essa receita! Achei-a tão fácil e rápida que decidi por mãos à obra.


Claro que a minha Borner foi essencial aqui!

Fatiei bem fina a maçã e coloquei-a em água com lima.
Depois estendi massa filo (duas folhas) e cortei-as de forma a que desse três tiras grossas, longitudinalmente.
Cada rosa será preciso uma tira com duas folhas de massa filo, ou seja, cada embalagem trás duas folhas grandes, juntei-as e cortei em três tiras.
Pode ser feito com massa folhada.

Pincelei com azeite entre cada uma delas.
Pincelei com geleia de maçã (cerca de uma colher de sopa - esta ainda era um restinho que tinha que a mãe de uma amiga me deu).
Para quem não tenha geleia de maçã, pode usar compota ou outra geleia a gosto.


Depois pus as fatias de maçã (enxuguei com papel absorvente antes) e dobrei ao meio a massa, sobre as fatias de maçã.


De seguida é só começar a enrolar, pegando numa das extremidades e indo até ao fim.
Pus nas formas de silicone e polvilhei com canela.
Peço desculpa pelo aspecto das minhas formas, mas estão mesmo a precisar de reforma...



Fiz o mesmo às outras três tiras de massa filo. Foi ao forno pré-aquecido durante cerca de 20 minutos a 200ºC ou até verem que a massa já está.

Desenformar só quando estiver frio! Tem que se deixar arrefecer dentro da forma para que não se desmanche, pois vai estar bem molinho!

Uma perdição... Voaram!! Ramos destes não me importava de receber todos os dias...!





Excelente para levar para uma festa, para impressionar os amigos, para levar para um pic-nic, para um aniversário, ou dia dos namorados ou até mesmo o Dia da Mãe!

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Bons produtos Açorianos para um passatempo!

Hoje trago uma receita, é uma repetente, mas sem dúvida que tive que a voltar a fazer!!

Irei participar num passatempo, da Cozinha Sem Segredos, onde o requisito principal seria participar com uma receita onde haja pelo menos um ingrediente tipicamente Açoriano! Um passatempo de louvar, sem dúvida, pois os Açores têm produtos fenomenais e temos que mostrar!!

Bom, eu exagerei... Praticamente toda esta receita é com produtos Açorianos!!

Francesinha em Bolo Lêvedo!

O conceito não é dos Açores, mas aqui fica a prova de que podemos fazer uma receita divinal com produtos de excelência.

Ora vejamos:

Uma cerveja Coral, duas folhas de louro, uma colher de sopa de azeite (o meu já tem piri-piri lá dentro), um cálice de Porto, 1 colher de maizena desfeita em 100 ml de leite Nova Açores, 2 colheres de sopa de polpa de tomate, uma cebola (não a pico muito porque depois ponho a varinha), um cálice de vinho branco e tinto Quinta da Jardinete, de whisky, de aguardente velha, de colheita tardia, uma colher de chá de mostarda em grão, um dente de alho, os talos de coentros (atados com cordel), um naco de paio do lombo fumado cortado em pedacinhos e sal a gosto (mas muito pouco).

Mexer, levar ao lume para engrossar, ter atenção para não pegar e deixar apurar. Depois de cerca de 30 min ou até verem que está bem apurado e evaporado o álcool (senão o molho fica amargo) tirar as folhas de louro e os talos dos coentros e passar com a varinha mágica. Provar para rectificar sabores. Terminar com coentros picados (bem sem que não são típicos Açorianos, mas podem optar por salsa).
O molho dá para quatro pessoas à vontade e não tenham medo que não vão ficar bêbados com tanta bebida, pois o álcool vai evaporar todo!

Enquanto isso, torra-se o bolo lêvedo aberto ao meio e depois é começar a montar a francesinha a gosto. Primeiro o bolo lêvedo, depois uma fatia de queijo da ilha (no continente tem e fatiam na hora), fiambre, um bom bife da vazia das vaquinhas Açorianas grelhado, linguiça Sicosta. Depois por fim coloco a outra metade do bolo lêvedo e cubro com mais queijo da ilha em fatias finas. O molho, que está bem quente, por cima do queijo vai ajudar a derreter.
Para acompanhar podem fazer batatas fritas, mas se quiserem algo um bocadinho menos calórico e novamente diferente, umas batatinhas doces assadas no forno com azeite, sal e paprika. Eu desta vez não fiz...

E assim com esta receita participo no passatempo e espero fazer jus ao nome "Produtos Açorianos"! Infelizmente não consegui fotografar com todos os produtos utilizados... mas sem dúvida que aqui o Bolo Lêvedo destaca-se pois faz toda a diferença! O sabor forte do queijo da ilha com o doce do Bolo é fantástico!! Recomendo!!

Agradeço a oportunidade de poder participar e venham muitos mais como este!




Produtos genuinamente Made in Portugal!! Obrigada Cozinha Sem Segredos! Obrigada Gradirripas!

domingo, 26 de julho de 2015

FreshKit - Um conceito diferente!

Já conhecem este conceito? O FreshKit garante a entrega em casa de um kit, um cabaz, com todos os ingredientes necessários, nas quantidades exactas para a confecção de refeições elaboradas por Chefs.

O cabaz é refrigerado e garante toda a frescura necessária para a qualidade dos produtos.

Podemos encomendar pela internet, no conforto da nossa casa, a entrega no dia que nos der mais jeito. E depois é só desfrutar o que a cozinha tem de melhor! As refeições são elaboradas de forma a que estejam prontas em 30 minutos! Isso não é óptimo? É excelente!!

É uma experiência única para os amantes de cozinha! Ingredientes frescos, receitas de Chef, cozinhadas por si!

www.freshkit.pt

www.freshkit.pt

Passem por lá e aproveitem os descontos!!

FreshKit tem um SITE, FACEBOOK e INSTAGRAM.

sábado, 25 de julho de 2015

Orzotto!

Já tinha feito uma vez AQUI um pratinho de orzotto onde explico o que é, mas em vez de arroz tinha usado quinoa.

Desta vez segui como manda a lei: massa + arroz :)

Assim sendo, num tachinho coloquei um fio de azeite e uma noz de manteiga. De seguida introduzi 1/3 chávena de orzo (massa em bago) e 1/3 chávena de arroz thai jasmim. Deixei "fritar" e para refrescar introduzi um cálice de vinho branco, deixei evaporar e de seguida coloquei o dobro em água (4x1/3 chávena). Pus cogumelos a gosto, temperei de sal e deixei cozinhar, mexendo de vez em quando. A água irá evaporar e no fim coloquei uma colherinha de sopa de queijo creme light, pimenta e raspas de lima. Mexer bem para ficar cremoso e servir. O meu foi com um bifinho grelhado!

Simplesmente adoro!!

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Workshop - Cozinha para Todos!

Vem aí mais um workshop. Desta vez é "Cozinha para Todos"!

Vai aprender a cozinhar várias receitas simples, práticas e cheias de sabor. Aumente os seus dotes culinários e saia deste workshop com ideias para cozinhar no seu dia - a - dia! Surpreenda família, amigos, colegas com receitas deliciosas! Venha passar 3h connosco e sairá um ás na cozinha! Só precisa de trazer boa disposição e vontade de aprender!

Sim, este workshop é para si, sim! Para si que não se sente à vontade na cozinha mas que quer melhorar os seus conhecimentos culinários!

Vai ver que depois destas 3h sairá mais enriquecido com receitas fantásticas e com o bichinho da culinária!


segunda-feira, 20 de julho de 2015

Um novo conceito - Herb Pack!

Recebi há uns dias no correio um novo conceito:

Herb Pack - O Seu Jardim de Bolso


Decidi abraçar esta parceria pois seria excelente para os meus workshops, assim terei sempre as minhas ervinhas frescas comigo!

"Com os Herb Pack, é muito fácil montar pequenos canteiros verticais, dentro e fora de casa. Use-os na varanda e janelas para dar vida e cor à fachada da sua casa ou até na cozinha para ter as ervas aromáticas sempre à mão."


"Os Herb Pack são vasos especiais feitos de telas geotêxteis que são materiais muito resistentes à humidade, a grandes amplitudes térmicas e até aos raios de sol, graças ao seu tratamento anti-UV. Os Herb Pack são feitos a pensar em si e nas suas plantas! A face de trás é impermeável, assegurando que as suas paredes se mantêm secas. Por outro lado, a face da frente é respirável permitindo a correta oxigenação das raízes. No fundo, existe um reservatório para água que conserva o solo húmido por mais tempo."

Pode ver-se todos os produtos AQUI

Um conceito perfeito e ecológico! Fui a correr ter com a minha amiga Gamy da Quinta da Ervas Aromáticas e agora já tenho algumas ervinhas prontas para serem consumidas! :)








Por enquanto aguardam aqui em casa até ao Workshop!!

Vejam mais AQUI e AQUI.

terça-feira, 14 de julho de 2015

DeBorla - Workshop Fresh & Simple - Ideias para o Verão - Últimas receitas

Ora então aqui vão as nossas últimas receitas!

Depois destas iguarias, finalizamos da melhor maneira!

Fizemos uns bifinhos de frango panados no forno com dois tipos de salada.

Para os bifes, quando formos ao talho, pedimos um peito de frango e o talhante corta logo em bifes.

Depois temos duas opções: ou panamos normalmente (farinha, ovo e pão ralado/panko) ou então os bifes de frango vão directamente ao panko. Neste último caso calcar bem para que o panko adira ao bife. E se comprarem panko temperado, muito cuidado com o tempero nos bifes (eu muitas vezes até não coloco sal nenhum...). Podem usar esta técnica também com filetes de peixe e fazer o famoso Fish & Chips (prato típico inglês) muito mais saudável!!

Após panarmos os bifes, estes vão para um tabuleiro de forno forrado com papel vegetal e borrifado com azeite. Vai ao forno pré-aquecido a 180º/200ºC cerca de 20 minutos ou até verem que está douradinho. Cuidado para que não fique seco!!

Em vez de panko também podemos panar com farinha de linhaça ou até mesmo farinha de chia (este último sei que existe mas não sei se resulta...). Também podem panar com sementes de sésamo.


Fez-se quinoa para encorporar numa das saladas e deixou-se arrefecer. Podem ver a receita de como fazer a quinoa AQUI assim como ficam com mais uma dica de como usar a quinoa. A quinoa, como expliquei, é um grão e utiliza-se tal e qual como se fosse arroz. Deixo mais uma receita AQUI para verem como podem substituir facilmente o arroz. Até quinoa de tomate podemos fazer, em vez de arroz de tomate!

Uma das saladas fizemos, numa travessa comprida, uma cama de rúcula, depois cortámos pêra abacate em fatias, queijo mozarella em fatias e depois temos duas opções: ou terminamos com algum tomate cherry que possa ter sobrado da receita dos bolos lêvedos ou então com algum tomate que possa ter sobrado dos rolos de atum com ricota. Finalizamos com um fio de azeite, sal líquido e pimenta moída na hora. Salpicamos com sementes de abóbora e/ou sementes de sésamo e voilá!



Mais uma receita que podemos variar e fazer com o que mais gostarmos, trocando a rúcula por agrião ou alface, trocando o mozarella por queijo fresco, retirando o tomate e colocando mais fruta... É muito versátil!

A outra salada que fizemos foi numa saladeira, onde colocamos rúcula, pêssegos, azeitonas, coentros, tomate, queijo feta, alguns filetes de atum que tenham sobrado da receita das tortilhas, sal (pouco porque o feta é salgado), pimenta e um fio de azeite. Misturar tudo muito ao de leve e incorporar a quinoa já arrefecida. Podemos incluir mais fruta, laranja ou ananás grelhado ou até mesmo outras ervas frescas a gosto.


São excelentes soluções para comer assim ou para colocar numa sandes e levar!! Para embrulharem as vossas sandes em segurança e com estilo, sem andar a usar folhas de alumínio ou papel ou até mesmo película, vejam ESTA ideia!!


Terminamos com uma sobremesa que também dá para fazer e guardar ou levar para qualquer sítio! Isto se conseguirem resistir...

Num frasco colocamos bolacha mulata da Moaçor (ou outra) a gosto picada com uma faca. Depois colocamos fruta da época (morangos, mirtilos, framboesas...), enchemos com um iogurte sem açúcar, colocamos por cima um fio de xarope de ácer, pitada de canela, flocos de aveia, mais fruta, nozes pecans picadas e eis que surge uma sobremesa bem fresca e "ready to go"! Termino sempre com hortelã.




E eis que terminamos este workshop de sucesso que teve que se estender por dois dias!!
O meu muito obrigada a todos os envolvidos, tive uma equipa fantástica, uns alunos espectaculares, uma plateia super atenta e que venha o próximo!!



As fotos do Best Of do 1º Dia AQUI
As fotos do Best Of do 2º Dia AQUI

segunda-feira, 13 de julho de 2015

O meu primeiro vídeo! Hamburguers Caseiros!

Eis a minha primeira criação em vídeo!

Está de longe perfeito, mas estou orgulhosa por ter dado mais este passo. A partir de agora é sempre a melhorar!

Espero que gostem e que aprendam a fazer hamburguers caseiros super rápidos e suculentos!


Bom apetite e alguma dúvida é só perguntar!

domingo, 12 de julho de 2015

DeBorla - Workshop Fresh & Simple - Ideias para o Verão! - Mais duas receitas

Dando seguimento ao post anterior, eis as próximas receitas.

Seguimos o nosso workshop com uma entrada bem fresca e leve! Uma bruschetta de queijo creme e tomate.

Basicamente, uma bruschetta é uma torrada onde pomos por cima o que bem entendermos. Neste caso, optei por bolos lêvedos. Como eram 5 bolos lêvedos abertos ao meio (ou seja 10 fatias de bolos lêvedos), optei por torrar tudo ao mesmo tempo no forno. Na parte mesmo de cima do forno, cerca de 5 a 7 minutos, até verem que está torrado. Se quiserem podem optar por um pão mais saudável.

Entretanto prepara-se o tomate:
Corta-se em quartos e coloca-se numa tigela. Reserva-se.
Noutra taça, pica-se uma chalota ou cebola roxa, muito bem picada (estes dois tipos de cebola são as mais indicadas para se comerem cruas). Utilizar cerca de duas colheres e acrescentar uma colher de sopa de vinagre de vinho tinto. Mexer e reservar 5 minutos para que tome sabor.
Após esse tempo, juntar ao tomate a cebola, adicionar também cerca de duas colheres de azeite e manjericão em juliana. Mexer bem e reservar cerca de 10 minutos para que tudo tome sabor.

Entretanto preparamos o creme:
Uma embalagem de queijo creme, sal e pimenta, a gosto, um fio de azeite, cebolinho e uns pingos de lima. Mexer bem, rectificar temperos. Normalmente precisa ser rectificado o sabor da lima e mais um bocadinho de sal, mas não exagerem e apurem o paladar.

Barrar os bolos lêvedos com esta mistura de queijo creme, e colocar por cima o tomate. Caso sobre queijo creme, guardar e serve para colocar em pratos de massa, ou para barrar num bife grelhado, ou para sandwiches, ou até mesmo para saladas. Servir numa travessa comprida branca e terminar com mais manjericão em juliana. Terminar com sal líquido (na Loja Com Certeza Gourmet) e caso não tenham colocado azeite, agora já há a opção do azeite em spray, o que é excelente para terminar este tipo de coisas.
Finalizamos com sementes de abóbora e aconselho a experimentarem com pinhões torrados!


A nossa próxima receita foi umas tortilhas de atum com ricota!

Aquecemos as tortilhas numa frigideira anti-aderente sem qualquer gordura.
Depois vamos preparando o ricota:
Uma embalagem de ricota, sal, pimenta, azeite, meia lima e hortelã picada. É parecido à pasta anterior, mas desta vez com sabor a hortelã. Provar para rectificar temperos e barrar as tortilhas. Sejam generosos, mas sem exageros!! Caso sobre podemos guardar e fazer o mesmo que com a receita anterior, para sandwiches, para massas, para saladas ou até mesmo barrar um bife grelhado.
Colocar por cima rúcula, tomate sem as sementes e atum em filetes. Enrolar e servir numa travessa ou numa ardósia.



Excelentes opções para levar para a praia, para um pic-nic, para umas entradas de jantares de amigos... São receitas muito variáveis, facilmente trocamos os ingredientes e podemos inventar e colocar mais a nosso gosto!

sábado, 11 de julho de 2015

DeBorla - Workshop Fresh & Simple - Ideias para o Verão! - Primeira receita

Foi com enorme satisfação e alegria que fui fazer este workshop até ao DeBorla aqui em Ponta Delgada. Adorei o tema e achei um desafio bastante interessante!

Teve tamanha aderência que houve necessidade de se fazer por dois dias! Aqui fica o meu mais profundo agradecimento a toda a equipa envolvida assim como aos meus alunos que tanto colaboraram e à excelente plateia que tive! Dois grupos fantásticos, onde reinou a boa disposição, alegria e amizade. Senti-me à vontade, como se estivesse em casa a cozinhar para amigos! Foi mesmo um prazer enorme, uma honra e um privilégio ter todas essas pessoas interessadas nestas iniciativas e nas receitas! Que venham muitas mais!!

Quem provou, aprovou!! Fez-se comidinha super rápida, saborosa, não muito calórica e leve como estes dias o exigem. Em duas horas fez-se coisas muito deliciosas!

Começamos com uma sopa fria de meloa com crocante de presunto e uns folhadinhos de salsicha.


Nada mais simples e rápido!

Começamos com o presunto: fatias finas, em cima de um tabuleiro forrado com papel vegetal, levar ao forno a 200ºC durante cerca de 5 a 7 minutos, ou até verem que as fatias estão bem crocantes, mas sem estarem queimadas. Deixam-se arrefecer e coloca-se no liquidificador. Mói-se até ficar quase pó. Retira-se para um recipiente e reserva-se. Não lavem o recipiente pois logo a seguir entra a meloa e assim aproveita-se para que fique com o gosto do presunto.
Assim sendo, nesse mesmo liquidificador, coloca-se então duas meloas pequenas tipo Santa Maria e 200 gr de queijo creme (conforme os tamanhos das meloas, conforme a quantidade de queijo creme). Se acharam que estava demasiado espesso a que provaram no workshop, então coloquem só 150 gr de queijo ou então ponham duas meloas e meia... é irem colocando os ingredientes aos poucos, moendo e ajustando a espessura ao vosso gosto. Não esquecer o sal, pimenta e folhas de hortelã.

Serve-se com o crocante de presunto e bem fresca!! Podem fazer com melão também.

Como foi sugerido por uma aluna e muito bem, excelente para servir como um molho! Nesse caso aconselho a embalagem inteira de queijo creme. É uma boa opção para fugirmos à maionese.

Os folhados de salsicha têm aqui o passo a passo:


Cortar a massa ao meio, depois ao meio outra vez (ficamos com 4 fatias de massa) e essas 4 fatias cortamos ao meio e depois ao meio outra vez. Temos que ficar com 16 pedaços.

Colocamos mostarda dijon e metade de meia salsicha, ou seja, uma salsicha dá para 4 pedaços de massa. Também podemos colocar queijo da ilha ralado.

Enrolar como mostra a imagem


Começamos pela parte mais larga e vamos enrolando até a ponta. Pincelar com ovo batido e terminar com sementes de sésamo ou de papoila ou até mesmo sementes de sésamo pretas.


Enquanto o forno está a pré-aquecer a 180ºC, colocamos os folhadinhos no frigorífico, pois a massa folhada folha muito melhor se estiver no frio e for directa do frigorífico para o forno quente.
Cerca de 20 a 25 minutos no forno deve bastar. Devem ficar bem dourados.

Um dia destes faço um vídeo para verem como é fácil!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...