sábado, 7 de março de 2015

Filete de Abrótea cozido ao vapor de funcho e gengibre!

De vez em quando convém inovar na cozinha. Fazer e experimentar coisas novas assim como novas técnicas. Foi o caso de hoje.

Numa panela de cozer a vapor, no fundo, coloquei funcho fresco e ralei uma noz de gengibre. Pus a parte de cima da panela e coloquei dois filetes de abrótea temperados com sal e pimenta branca. Tapei e deixei aquecer, em lume brando, cerca de 5 a 7 minutos (ter atenção para ver se não queima) e depois quando o fundo da panela estiver bem quente, refresquei com 50 ml de aguardente e 50 ml de água.

Esta operação tem que ser feita muito rapidamente, ou seja, levantamos a parte de cima da panela onde está o peixe, refrescamos com a aguardente e a água e colocamos imediatamente a parte de cima da panela, com o peixe (que tem a tampa por cima) para não se perder os vapores, os aromas.

Deixar ferver cerca de 10 a 15 minutos. Coze muito rapidamente! Se não quiserem usar aguardente, usem só água. Os 100 ml depende do tamanho da panela de cozer a vapor. Se for muito grande e virem que 100 ml de liquido é pouco, acrescentar mais. Tem que cobrir o fundo da panela.

Acompanha com batata doce assada no forno e um molho de iogurte.

A batata é cortada em palitos grossos, com casca, e envolta em azeite, sal e paprika. Vai ao forno cerca de 20 a 25 min. conforme os fornos, a 180/200ºC.

O molho de iogurte, fiz com uma embalagem de iogurte natural, uma colher de chá de vinagre de champanhe (ou outro a gosto), uma pitada de sal, uma colher de chá de mel, uma colher ou duas de azeite e uma colher de chá de mostarda dijon. Mexer tudo muito bem e servir polvilhado com sementes de sésamo.

Nunca comi peixe cozido tão saboroso!

E mais uma vez, a WoodFlavors esteve presente na nossa mesa para abrilhantar este prato tão simples!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...