quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Arroz Gorreana com Frango em Molho de Soja e Mel e mais um desafio!

Adoro desafios! E hoje, na calmaria do meu dia, surgiu um!

Sem saber o que fazer para o almoço, o desafio acabou por dar-me a resposta!

O site The Right Tea, liderado por uma grande amiga minha, onde podemos desfrutar de dicas, experiências e curiosidades sobre o chá, desafiou-me a encaixar o chá nas minhas receitas, em que o chá ganhasse destaque e fosse um ingrediente principal.

Desafio aceite e desafio cumprido!

Tinha frango para o almoço com arroz branco, de manteiga e lembrei-me: Porque não avivar uma coisa enfadonha (o arroz branco) e torná-lo mais vivo? E assim foi!

Chá Verde, um ingrediente tão nosso (Chá Gorreana) com propriedades tão boas (cheio de anti-oxidantes) porque não usar mais vezes na nossa alimentação, em vez de usar água?

E assim foi, decidi fazer a receita de frango com molho de soja e mel que uso bastantes vezes e acompanhar com arroz de Gorreana.

O arroz não há nada mais fácil de fazer: Primeiro faz-se o chá. Para meio litro de água, uma colher de sopa de chá verde Gorreana. Atenção para não deixar ferver a água, senão quando colocarem o chá vai dar cabo das propriedades riquíssimas dele. Colocar o chá e deixar em infusão durante 5 minutos (conforme o gosto, se gostarem de mais forte deixem mais tempo), coar e depois fazer o arroz normalmente, como se água se tratasse.

O meu arroz branco costumo fazer muito simples: para duas pessoas, uma caneca de água (cerca de 350 ml de água - neste caso de chá) e depois quando ferver deitar metade da medida de água de arroz (ou seja, cerca de meia caneca). Temperar com sal (mas pouco...). Dá para ver se têm muita ou pouca água, se ao deitarem o arroz e com a ajuda de uma colher, o juntarem no centro do tachinho, se ele tocar no nível da água é porque têm a medida certa.


Mas normalmente, se cumprirem a regra de uma medida de água para meia de arroz, nunca vai falhar. No final, depois de ter absorvido a água praticamente toda, tirar do lume e adicionar um fio de azeite e envolver. O arroz vai ficar ligeiramente mais escuro que o normal, devido à cor do chá.

Na eventualidade, de não quererem dar-se ao trabalho de fazerem o chá primeiro, sempre podem colocar primeiro a água, já no tacho, para o arroz e depois quando a água ferver, colocar primeiro o arroz e só depois as folhas do chá num coador, daqueles que colocamos nos bules. Mas penso que assim se perdem propriedades do chá pois as folhas irão estar a ferver juntamente com a água e o arroz, e como disse há pouco, as folhas do chá verde não querem água a ferver...

Dá uma combinação infalível! E por mim até comia o arroz só assim! Fica muito melhor que o arroz branco normal... Podem experimentar com outros chás, ficará delicioso de certeza!

A apresentação é feita nas tábuas WoodFlavors!


A minha receita no site do The Right Tea AQUI
Podem encontrar o The Right Tea também no Facebook!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...