terça-feira, 8 de setembro de 2015

Workshop DeBorla - My Healthy LunchBox!

Mais uma vez o Chez Sónia esteve presente nas Lojas DeBorla de Ponta Delgada para um Workshop "My Healthy LunchBox".

O tema marca o arranque da segunda temporada de workshops e a altura é excelente: a reentrada na escola, a volta ao trabalho, as rotinas... São alturas que necessitamos de criatividade, fluidez e rapidez para fazer os almoços, receitas para colocar na marmita. Soluções práticas, económicas e saudáveis! Mas nunca comprometendo o sabor.

Para mim, comer saudável, passa pela quantidade de alimento que ingerimos, passa pela variedade, pela diversificação de receitas, aromas e texturas, para que nunca caiamos na rotina, pois nesse caso mais facilmente comemos coisas que não queremos.

Com todas estas bases demos início a mais um workshop de sucesso!

Obrigada às caras conhecidas pela confiança e às caras novas dou as boas vindas e que se tornem seguidoras deste projecto. Obrigada por acreditarem pois sem o vosso voto de confiança nada disto seria possível.

Houve receitas para crianças, houve receitas para a escola, houve receitas para o trabalho, houve snacks e os tão versáteis Overnight Oats.

Foi um workshop, por isso pusemos as mãos na massa e cozinhámos receitas saudáveis para colocarmos nas marmitas.

Os outros workshops que fiz (DeBorla e Com Certeza Gourmet) também tem excelentes receitas e soluções para marmitar. Encaixam na perfeição e ficam com um bom leque de escolha. Deixo a dica para lá irem espreitar.

Quem já me conhece já sabe como inicio os meus workshops: Com uma entrada que serve de ideia para receita.

Trouxinhas de Courgete com Atum e Ricotta

1 courgete
1 embalagem de ricotta
1 lata de atum Santa Catarina redonda (grande)
Sumo de uma lima
Hortelã, sal e pimenta q.b.
Manjericão ou Sementes de Sésamo pretas para decorar

Misturar todos os ingredientes e reservar.
Cortar a courgete em fatias finas numa mandolina. Grelhar sem qualquer gordura.
Entrançar as fatias da courgete e rechear com o preparado (vídeo demonstrativo).
Decorar com manjericão.
Em alternativa podemos fazer rolinhos com a courgete e o preparado.
Decorar com sementes de sésamo pretas e uma folhinha de hortelã.

Podemos fazer de beringela, também deve ficar bom. Mas a meu conselho, para retirar o amargo típico da beringela, devemos cortá-la e deixar com umas pedras de sal cerca de 1h. e depois passar por água.

Este recheio também é bom para colocar em pratos de massa, para umas tostas ou até mesmo umas bruschettas.

(Tostas usadas no workshop)

Estas trouxinhas são perfeitas para colocar no compartimento mais pequeno da caixinha de cima da lancheira preta.







Snack de grão no forno

1 Lata de grão grande
Azeite, pimenta, paprika fumada ou pimenta caiena, cominhos e ervas de provence q.b.

Colocar o grão a escorrer num escorredor, lavar e abanar bem para que largue todo o suco que trás da lata e deixar escorrer bem.
Colocar num recipiente e adicionar um fio de azeite, e todas as especiarias, à excepção das ervas de provence.
Envolver para que todos os ingredientes se integrem bem e agarrem ao grão.
Vai ao forno num tabuleiro forrado a papel vegetal cerca de 50 minutos a 180ºC ou até verem que está crocante.
A meio do tempo convém ver como está e abanar para que os grãos girem.

No fim, ainda quentes, verter para um prato largo, polvilhar com as ervas de provence e envolver.
Serve de snack, aperitivo, para saladas…


Muito mais saudável que os amendoins enquanto vemos um jogo de futebol!!
Excelente ideia para levar para o trabalho ou para as crianças na escola, para quando dá aquele ratinho no estômago e não sabemos como "entretê-lo"!
Bom para ir no outro compartimento pequeno, ao lado da trouxinha de atum.

Há quem diga que fica excelente na versão doce. Nunca experimentei mas deixo a dica!



Hambúrgueres de Atum

1 Lata de atum Santa Catarina redonda (grande)
1 Cebola picada
2 Ovos
150 a 175 gr de aveia (conforme o tamanho dos ovos)
Cebolinho (ou outra erva a gosto)
Pimenta q.b.

Juntar todos os ingredientes numa tigela, envolver bem.
Formar bolas com as mãos para depois achatar ligeiramente e ficar em formato de hambúrgueres rústicos.
Podemos utilizar salmão também em vez de atum.

Hambúrgueres de Quinoa


1 cup de água
½ cup de quinoa
Azeite, pimenta e sal q.b.
½ cup panko
½ cup queijo ralado da ilha
Salsa ou outra erva aromática a gosto

Fazer a quinoa.
Num tacho com a água a ferver, introduzir a quinoa lavada, sal, mexemos e tapamos.
Deixamos cozinhar até a água desaparecer, sem mexer, nem destapar.
Quando a água desaparecer (cerca de 10 minutos), retiramos do lume, regamos com um fio de azeite, mexemos, voltamos a tapar e deixamos a descansar cerca de 15 minutos.
Após esse tempo, colocar num prato para arrefecer.
Quando estiver morno, quase frio, introduzir o panko, o queijo, pimenta, salsa (ou outra erva) e caso esteja muito solto adicionamos um ovo. Envolver bem.
Formar bolinhas na nossa mão, apertando ligeiramente para aglomerar bem e espalmar para formar hambúrgueres rústicos.
Vai ao forno cerca de 10 minutos a 180C.

Outra versão AQUI.

Tanto nestes hamburguers como os de cima, acho que também fica óptimo se colocarmos na mistura legumes que tenham sobrado do dia anterior, por exemplo. É uma forma de comer brócolos cozidos...

Quem não conseguir fugir à carne, tenho um vídeo AQUI que ajudará a fazer hamburguers caseiros mais saudáveis e uma óptima opção para as crianças levarem para a escola. São muito fáceis de fazer!

No Workshop fez-se uma salada de rúcula, laranja, ananás, nozes, queijo feta, cenoura ralada... O que interessa é variar nas texturas e na cor. E a ideia de introduzir fruta é uma excelente opção. Deixo à imaginação de cada um.

Para finalizar as saladas eu costumo usar sal líquido pois é bem melhor para temperar as saladas e ajuda a reduzir a quantidade de sal que introduzimos na alimentação. Basta dois borrifos de sal e a salada está pronta. Podem encontrar na Loja Com Certeza Gourmet. E tenho azeite num borrifador do DeBorla que é muito bom para este tipo de situação.




Melanzane Pasta (para cerca de 3 a 4 pessoas)

1 Beringela grande
4 Cogumelos Paris (ou 2 portobello)
½ Lata de tomate pelado em pedaços (ou 2 tomates maduros)
Azeite, açúcar, sal e pimenta q.b.
1 Colher de chá de manteiga
½ Molho de rúcula
½ Pacote massa fusili integral ou tricolor
Queijo feta e azeitonas para decorar

Cozer a massa em água a ferver com sal. Reservar escorrida e com um fio de azeite.
Numa frigideira, ou wok, colocar um fio de azeite e a manteiga.
Deixar aquecer bem e adicionar a beringela. Saltear.
Quando amolecer, adicionar os cogumelos laminados, ou partidos em pedaços, conforme o gosto e saltear junto da beringela. Cerca de 5 minutos.
Adicionar o tomate pelado, deixar refogar mais 5 minutos, temperar de sal e pimenta, uma pitada de açúcar (retira o amargo da beringela e apura o sabor do tomate) e por fim juntar a massa cozida.
Envolver bem, rectificar temperos, finalizar com rúcula (espinafres ou agrião), queijo feta (ou mozarella) e azeitonas.

Este prato é excelente para confeccionarmos com antecedência. Come-se muito bem frio. Até se pode fazer o molho no dia anterior e de manhã antes de irmos para o trabalho, cozemos a massa num instante enquanto tomamos o pequeno almoço.
Pode servir de base para mais invenções. Podemos introduzir mais ingredientes, peixe ou carne que tenha sobrado do dia anterior ou até mesmo salsichas de perú ou de frango.
Este prato é óptimo para as crianças começarem a comer legumes pois o sabor da beringela nem se sente.
Em relação à marmita, a cor de rosa que tinhamos no workshop na minha bancada é a indicada, a meu ver, para levar este tipo de refeição. O compartimento branco por cima pode ser, por exemplo, para levar os banana cookies.



Banana Cookies

3 Bananas maduras esmagadas com um garfo
2 cups de aveia
1/3 cup de puré de maçã (maçã cozida com açúcar)
½ cup de leite de amêndoa
1 Colher de chá de extracto de baunilha
1 Colher de chá de canela
½ cup de tâmaras picadas (ou passas)
½ cup de pepitas de chocolate negro

Amassar tudo numa taça.
Forrar um tabuleiro com uma folha de papel vegetal.
Deitar colheradas da massa no tabuleiro e vai ao forno cerca de 10 a 15 min a 180ºC

Uma boa receita para por em prática com as crianças e para as crianças levarem para a escola.
Em relação às bananas, quando elas estiverem a ficar maduras e não for do vosso agrado, em vez de deitar fora, congelem e dá para fazer um gelado instantâneo ou até mesmo para colocar nos Overnight Oats.

Para fazerem o gelado é só colocar a banana num robot de cozinha e triturar!


Uma óptima ideia para comer com crepes, para acompanhar um crumble... ou assim mesmo!!

Overnight Oats

Base:
1/3 Cup aveia
1/3 Cup Leite de Amêndoa (ou soja, sumo laranja…)
1 Colher de sopa de sementes de chia
1 Iogurte natural ou de soja sem açúcar (ou meio conforme o tamanho do frasco)
1 Colher de sopa de Xarope de Ácer (certificar no rótulo branco que é 100% Maple Syrop)


Fruta a gosto*
*combinações possíveis:
- Ananás com côco ralado, canela e amêndoas
- Morangos, pepitas de chocolate negro e canela
- Frutos Vermelhos, Nozes e canela
- Banana, maçã cozida, canela e nozes
- Cenoura ralada, nozes e canela


Combinar os ingredientes base num frasco por esta ordem, em camadas.
A combinação da fruta é sempre a última a introduzir.
Deixar no frigorífico da noite para o dia.
Consumir directamente do frasco tentando apanhar todas as camadas em cada colherada ou então verter para dentro de uma taça.


Uma receita para toda a família!! Equilibrada, cheio de sabores e texturas e com todos os nutrientes essenciais. Tem aveia, fruta, iogurte, fibra, vitaminas... O engraçado é fazer este frasco e começar a ver as camadas a se formarem. As cores, a variedade de ingredientes... Adoro! E podemos inventar todos os dias. Pode ser feito com a fruta que a criança goste mais, e ao ser ela a inventar o seu próprio frasco, dar-lhe-á mais gozo a comer no dia seguinte!
Pode ser para um pequeno almoço, para um brunch, para o lanche... E se não comermos tudo no próprio dia, aguenta no frigorífico para o dia seguinte. Bom para levar em frascos mais pequenos (fazer menos quantidade) para caber na mala preta que é térmica, naquele compartimento por cima das caixas.

E por agora é tudo! Espero que gostem e que façam e mostrem!! Terei todo o gosto em ver.
Agradeço a todos pela presença, à equipa do DeBorla e espero que venham muitos mais e melhores workshops!


Até breve!

Mais fotos:

Houve snacks, houve comida para a escola, houve comida para crianças, houve comida para levar para o trabalho e claro os...
Posted by Chez Sonia on Sábado, 5 de Setembro de 2015
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...