segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Workshop Acompanhamentos Criativos!

E mais um Workshop foi realizado com êxito na Loja Com Certeza Gourmet e com a parceria da AcoresPRO.

Agradeço do fundo do coração aos meus queridos seguidores habituais que não perdem um evento meu e às caras novas espero que se tornem fãs! :) É que isto sem vós não tinha razão de existir!!

Este workshop tinha como objectivo diversificar os acompanhamentos para não andarmos sempre a comer a mesma coisa.

Idealizado por uma formanda, este workshop tinha como objectivo diversificar os acompanhamentos que andávamos fartos de comer. Sempre a mesma coisa... E  por vezes já não se consegue ter imaginação nem tempo para investigar novas coisas para acompanhar carne ou peixe. Abordámos várias ideias simples, rápidas e diferentes e colocámos a criatividade à solta! O arroz, a batata e a massa nunca mais vão ser os mesmos depois deste evento!

Com o apoio da Tupperware que gentilmente nos cedeu a sua peça bastante prática Allegra, iniciámos este workshop com 4 entradas que serviram na perfeição para dar ideias de diversos acompanhamentos.

Tínhamos baba ganoush, pesto de rúcula, húmmus e guacamole.


A baba ganoush é super simples!
Picar uma beringela grande ou duas pequenas com um garfo. E vai ao forno, cerca de 15 min de cada lado.
Ao fim de 30 minutos, as beringelas devem de estar com a pele negra e o interior mole. Apertar com a pinça para verificar se cede ao toque.

Deixar arrefecer ao ponto de se conseguir manusear. Abrir ao meio, retirar a polpa que tem que estar mole, com uma colher. Colocar numa taça e adicionar meia lima (pode precisar de uma lima inteira, provar primeiro), sal, pimenta, 1 colher bem cheia de chá de tahine e azeite a gosto. Quem gostar do sabor do alho, pode ralar um dente de alho para adicionar à mistura. Atenção com o seu sabor forte.

Acompanha na perfeição com uma massa, também pode adicionar a um risotto. Também pode servir para barrar em carne ou peixe. Um patê bem versátil!

O pesto, costumo fazer com espinafres, mas podemos fazer com rúcula (que foi o caso do workshop) ou com agrião, acelgas... desde que seja verde não há que ter medo de experimentar (menos alface...!!).
Fica excelente em massas, risotto, em carne ou peixe ou para comer assim mesmo! Podemos fazer e colocar num frasco e cobrir com azeite, para ajudar a conservar. No frigorífico aguenta bem uns dias.

O hummús serve de acompanhamento por si só ou para comer com pão pita ou numa entrada bem deliciosa! Terminar com paprika fumada. Podemos fazer húmmus e guardar no frigorífico num frasco apesar de não aguentar muito tempo...

A guacamole é espectacular como acompanhamento por si só, com carne, para rechear tortilhas e como entrada.

Nesta receita se usarmos a nossa mandolina Borner sai tudo muito mais rápido quanto ao corte da cebola e do tomate.



Como entradas podemos acompanhar com tostas finas integrais ou com uns snacks com sabor a azeitona


Demos seguimento ao nosso workshop com umas batatas doces feitas no forno, de uma forma muito rústica e caseira, onde mais uma vez utilizo a paprika fumada.

Corta-se as batatas em palitos grosseiros, coloca-se numa taça com sal, pimenta, paprika fumada e um fio de azeite. Envolve-se bem e deita-se num tabuleiro forrado de papel vegetal e vai ao forno cerca de 20 minutos a 180/200ºC. Acompanha com molho de iogurte (um iogurte, uma pitada de sal, pimenta, fio de azeite e vinagre e para gostos mais apurados podemos colocar uma colherinha de mostarda dijon e/ou chutney de tomate seco. Caso precise de equilibrar os sabores utilize mel).


Caso se queira fazer palitos mais perfeitos como os das batatas fritas, se usarmos a nossa mandolina Borner, sai com o tamanho perfeitinho!



Fica uma espécie de batata frita mas muito mais saudável, pois é feita no forno e com batata doce. E o molho de iogurte conseguimos fugir à maionese.

Depois seguimos para a batata recheada.
O céu é o limite, por isso podemos rechear com o que bem entendermos. Desde legumes, vegetais ou então sermos atrevidos e rechearmos com chouriço e queijo feta! Que foi o caso...

Cozer a batata só em água. Uso batata vermelha que é mais rija e aguenta melhor.
Depois de arrefecer, cortar o topo, retirar com cuidado o interior para uma taça, adicionar chouriço e feta cortado em bocadinhos pequenos, voltar a rechear a batata e terminar com molho de tomate (se for e muito boa qualidade pode ser de frasco) e queijo parmesão ou queijo mozarella. Vai ao forno para gratinar. Terminamos com cebolinho picado.


Seguidamente fizemos polenta.
A polenta é versátil e mais saudável que o puré de batata.
Pode ser consumida só assim, tipo puré ou então fazemos para sobrar, e quando arrefecer ligeiramente, enrolamos em película ou simplesmente num tabuleiro rectangular ou quadrado e guardamos no frigorífico. Ao ficar mais dura, dá para cortar e vai ao forno com parmesão para gratinar.

Para fazer a polenta bastam 4 chávenas (cups) de água ou caldo de galinha ou legumes ou leite, levantar fervura e depois adicionar uma chávena (cup) de polenta. Dá bastante quantidade.
Mexer com uma vara de arames e quando sentirmos que está a engrossar, mexer com uma colher de pau.
Adicionar pouco sal (se fizerem com caldo cuidado com o sal também), pimenta, uma colher de sopa de manteiga, 1/4 de chávena (cup) de creme fraîche, uma chávena (cup) de queijo parmesão ralado, alecrim picado e mexer. Ficará bem cremosa. Servir na hora.


Com o avançar da hora não havia tempo para fazer as duas receitas que tinha programado. Perguntei ao grupo o que preferiam: Orzotto ou Risotto. O primeiro grupo optou por risotto e o segundo (curiosamente) optou por orzortto.

A receita de risotto está aqui e a de orzotto aqui.



Para quem perguntou sobre que queijos podemos por a grelhar, encontrei uma solução muito boa!!

O lombinho com o qual acompanhamos foi cortado em medalhões, temperado com sal, pimenta e paprika fumada e um fio de azeite. Vai ao forno cerca de 15 a 20 minutos. Retirar e deixar descansar tapado com folha de alumínio.

E deixo-vos esta receita que fiz no Workshop do DeBorla. Serve para comer como snack, como aperitivo ou para adicionar a uma salada e têm um Acompanhamento Criativo!


E mais um grande workshop terminado, com sucesso, muita alegria, animação, boa disposição, companheirismo, excelentes alunos e comida de excelência.





Obrigada a todos, por mais uma vez terem ajudado a tornar um serão tão agradável.



Grata pelas fotos, do meu sócio AcoresPRO e dos meus alunos e a todas as marcas envolvidas (Com Certeza Gourmet, Borner, Tupperware, Quinta da Sequeira, DeBorla, WoodFlavors).

E até breve!!

Todas as fotos aqui:
E assim foi mais um workshop de sucesso! 
Posted by Chez Sonia on Sexta-feira, 18 de Setembro de 2015
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...